(67) 3320-4000
gestaocomercial@cdlcg.com.br
Rua Antônio Correa, 417 - Monte Líbano - Campo Grande-MS

Pesquisa CNDL/SPC Brasil mostra a burocracia como barreira para o crescimento dos negócios


Pesquisa da CNDL/ SPC Brasil aponta que para 88% dos empresários, custos e burocracias do Brasil são uma barreira para o crescimento de suas empresas. Para eles, juros altos, excesso de burocracia e alta carga tributária são as principais dificuldades enfrentadas.

De acordo com a pesquisa, para 40% dos entrevistados, a política econômica tem grande influência no faturamento das empresas. E, para 9, entre 10 empresários, é o conjunto de dificuldades estruturais, burocráticas, trabalhistas e econômicas que atrapalham o crescimento do Brasil. Para estes, o chamado Custo Brasil acaba se tornando uma barreira para o crescimento das empresas.

A pesquisa CNDL/ SPC Brasil, realizada em parceria com o Sebrae, mostra que os maiores problemas relatados pelos empresários entrevistados são: quarenta e quatro por cento diz que é os juros altos. Já 34% respondeu que é o excesso de burocracia para abrir/manter/fechar empresas, contratação e dispensa de funcionários. Para 32%, as principais dificuldades apontadas são a carga tributária sobre fabricação e venda de produtos/serviços. O mesmo percentual, 32%, responderam que é o alto custo para empregar/tributação elevada da folha de pagamento.

Para o presidente da CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande, Adelaido Vila, a pesquisa do Sistema CNDL aponta o perfil do setor. “O empresário luta diariamente para pagar as altas cargas tributárias, cargas essas que se fossem mais justas e dentro da realidade vivida em todo o país, proporcionaria o crescimento das empresas”.

Segundo Adelaido, todo o sistema tributário e administrativo brasileiro precisa ser revisto. “A forma como funciona hoje e quantidade de burocracia deixa todo o processo mais lento e caro, dificultando a sobrevivência de qualquer empresa. Isso precisa mudar com urgência”.

A presidente da FCDL MS – Federação das CDLs de Mato Grosso do Sul, Inês Santiago, ressaltou a importância da pesquisa. “Há muito que ser resolvido para que o empresário para investir e impulsionar seus negócios. E, a pesquisa mostra quão sofrida tem sido a vida de quem quer gerar emprego e renda, em nosso país”.

Pesquisa

A pesquisa integra o convenio Política Públicas 4.0, firmado entre o Sistema CNDL e o Sebrae, com o objetivo de identificar possíveis entraves para o crescimento das empresas, em todo o Brasil.

O trabalho em conjunto pretende coletar insumos para a proposição de políticas públicas que contribuam para melhorar o ambiente de negócios e o próprio desenvolvimento do varejo.

Crédito

Destacado por 23% dos entrevistados, outra dificuldade está no acesso ao crédito. Mais um entrave para o crescimento dos negócios no país. Segundo 56% deles, a dificuldade em conseguir crédito junto às instituições financeiras está vinculada às taxas de juros excessivamente altas. Para 34% dos entrevistados os excessos de garantias impostas pelas financeiras são o fator que atrapalham. As barreiras colocadas às empresas inadimplentes são apontadas por 26% e 16% acreditam que é o baixo conhecimento das linhas de crédito existentes.

Metodologia

A pesquisa foi realizada com público de proprietários, ou responsáveis pela gestão de empresas do setor de comércio varejista e serviços, em todos os estados brasileiros. Foram consideradas as empresas com pelo menos um funcionário.

Margem de erro de 4.0 p.p., com intervalo de 95% de confiança. Sendo os dados coletados no período de 01 de julho a 11 de agosto, deste ano. A pesquisa na íntegra encontra-se no site da CNDL.




CDL - Todos os direitos reservados Desenvolvido por EquipeA.com.br