Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande

Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

+55 (67) 3320-4000


 
 


Notícias

Supermercados sentem crise e brasileiro tem novos hábitos de consumo


Supermercado

Durante o Plano Real, no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o frango virou sinônimo de ascensão social na mesa do brasileiro. Na era Lula, com o aumento do poder aquisitivo, o iogurte ganhou esse status nas ascendentes classes C e D. Mas nem tudo é para sempre, revela uma recente pesquisa da empresa Nielsen, encomendada pela Associação Paulista de Supermercados (APAS), divulgada nesta segunda-feira, 02.

Em um trabalho apresentado para a abertura da 32ª Feira e Congresso de Gestão Internacional em Supermercados APAS 2016, a diretora de varejo da Nielsen, Daniela Spinha de Toledo, revela que o desemprego e a menor renda estão mudando rapidamente o hábito dos brasileiros. “O iogurte, por exemplo, que era um item entre os dez mais consumidos há poucos anos, agora já não está nessa lista”, diz a executiva.

Spinha mostra que o brasileiro médio está deixando o lazer de lado, principalmente jantar fora. Além disso, os consumidores estão observando mais promoções, retornando às tradicionais compras mensais em vez de várias idas aos supermercados. Quem ganha com esse novo comportamento são os chamados “atacarejo”, redes de atacado e varejo que não têm um serviço tão sofisticado, mas preços melhores.

De acordo com dados apresentados pela Abras e a Associação Paulista de Supermercados (Apas), houve uma queda real de 3,6% nas vendas do setor de 2015 em relação a 2014. “Em 2016 nossa expectativa é de que a queda gire em torno de 1,5% a 2% dada a conjuntura política e econômica”, afirma o presidente da APAS, Pedro Celso. A projeção do setor é de faturar em 2016 algo em torno de R$ 336 bilhões, sendo que desse total São Paulo deve contribuir com R$ 99 bilhões.

Alimentação saudável

A pesquisa da Nielsen em parceria com a Kantar Worldpanel, revela que o brasileiro tem observado uma maior preocupação com sua saúde. De acordo com o trabalho, 49% dos entrevistados estão substituindo aos poucos refrigerantes por água de coco, e a margarina por manteiga. Um dos destaques nesse sentido foi o consumo de leite, com queda de 6% para os leites comuns, enquanto aqueles sem lactose subiram 78%.

“O consumidor está mais atento, exigente, e não quer abrir mão de suas conquistas, particularmente os da classe C”, afirma Daniela Spinha. Segundo ela, o segmento de cerveja reflete essa realidade, já que os consumidores não abrem mão das cervejas premium. Como solução, diz ela, procuram economizar adquirindo marcas mais acessíveis de produtos de outras categorias, como as de limpeza.

Novas gerações

A pesquisa revelou ainda que 37% dos consumidores “Millennials”, ou geração Y – com idade entre 26 e 30 anos – não pretendem economizar. Trata-se de um grupo que tende a comprar mais por impulso e que prioriza viver o momento. Os “Millenials” são os que impulsionam o comércio eletrônico, por já estarem inseridos no contexto digital e compra online, segundo a pesquisa.

De acordo com o levantamento, as vendas do varejo pelo canal e-commerce devem crescer 43% em quatro anos, um salto de R$ 41,3 bilhões em 2015 para R$ 59,8 bilhões em 2019, atingindo assim o tamanho do canal tradicional de hoje.

“É importantíssimo estar preparado para a era digital, investir nesse canal agora, mesmo com a crise que passará em algum momento. E quando voltarmos a crescer, ter um canal eletrônico azeitado será um diferencial em relação aos demais”, conclui Daniela Spinha de Toledo.

(Fonte: Isto É Dinheiro)

 

 

03-05-2016

Comentários


Compartilhe:


Últimas Notícias

CDL Informa: Atendimento do comércio para o fim de ano
12.12.2017

'Estamos muito contentes com apoio da CDL', diz governador Reinaldo Azambuja sobre parceria na Operação Boas Festas
11.12.2017

Operação Boas Festas terá policiamento reforçado em "bolsões" comerciais de bairros em Campo Grande
06.12.2017

CDL-CG sedia apresentação do plano de policiamento para fim de ano na Capital
04.12.2017

Adelaido Vila destaca em posse que defenderá direitos dos lojistas de Campo Grande
22.11.2017

CDL Informa: Atendimento no Feriado de Finados
01.11.2017


“Todos os direitos reservados a CDL - Campo Grande 2012”
Gestão Ativa - Soluções Web